Denúncias via WhatsApp, Telegram e em Libras foram adicionadas entre as funcionalidades.

O aplicativo SOS Mulher Brasil ganhou novas funcionalidades. Criado por uma empresa paraibana, é gratuito e tem diversos mecanismos para denunciar casos de violência contra a mulher, de forma anônima. As novidades são a possibilidade de denunciar pelo WhatsApp e Telegram, bem como atendimento em Libras para usuários surdos.

Agora, são nove formas de denunciar pelo aplicativo, com atendimento realizado por mulheres bilíngues na central do 180, em Brasília. Os denunciantes recebem um número de protocolo para acompanhar as providências tomadas após o contato.

Violência contra a mulher na pandemia
Com a pandemia, muitas mulheres ficaram confinadas com os seus agressores. De acordo com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, em 2020, foram registradas 105.821 denúncias de violência contra a mulher nas plataformas do Ligue 180 e do Disque 100. O aplicativo SOS Mulher Brasil, por sua vez, vem ajudando a denunciar com apenas um clique, de forma anônima.

Segundo o criador do SOS Mulher Brasil, o professor, empresário e apresentador Fábio César, em alguns meses da pandemia, o aplicativo registrou um aumento significativo no número de registros. Como em março de 2021, que recebeu 53% a mais de denúncias.

Fábio avalia o impacto do aplicativo no combate à violência contra a mulher. “Realmente um impacto significativo, isso também devido ao grande aumento no índice de conectividade do Brasil na Pandemia, e à necessidade de estar mais em casa”, afirmou.

Fonte: G1

Comentários no Facebook