- Continua depois da publicidade -

Os avanços da Inteligência Artificial na última década foram impressionantes; veja a mais nova tentativa dessa tecnologia.

Em 1956, quando cientistas iniciaram um projeto para criar um computador “pensante”, eles não imaginavam que a Inteligência Artificial (IA) se tornaria uma realidade. Essa tecnologia evoluiu muito nas últimas décadas e é até mesmo capaz de criar artes digitais incríveis, mas ainda enfrenta dificuldades para produzir certas imagens.

Sendo assim, uma diretora criativa descobriu uma tentativa de IA criar um manual de língua de sinais. O resultado? Continue lendo para conferir.

Tentativa de confecção de um manual para língua de sinais feita por Inteligência Artificial

Elizabeth Sampat tem 22 anos, é diretora criativa e designer de jogos. Ela descreve os jogos digitais que produz como “curtos e estranhos”, mas mesmo acostumada com o seu estilo peculiar próprio, o resultado de uma imagem gerada por IA a deixou surpresa — ou melhor, assustada. Elizabeth não esperava encontrar a façanha tecnológica, e mostrou em sua conta pessoal do Twitter a imagem inusitada.

A imagem se trata de uma tentativa malsucedida de criar um manual de língua de sinais utilizando Inteligência Artificial. “Alguém pediu para a Inteligência Artificial fazer um manual de língua de sinais, caso você esteja preocupado de que todos vamos perder o emprego em breve”, escreveu Elizabeth em tom divertido enquanto mostrava o resultado.

A IA ainda não superou o olhar criterioso do ser humano

Como foi demonstrado na imagem citada por ela, apesar de ser uma tentativa bem avançada dessa tecnologia, o gerador de imagem utilizado não acertou o posicionamento das mãos; ao invés disso, criou imagens dignas de ficção científica. Isso ocorre porque a Inteligência Artificial foca no reconhecimento e na produção de padrões em vez de possuir o conceito de mãos em si.

O gerador de imagem pode pensar que acertou o padrão ao colocar uma quantidade indeterminada de dedos em torno de uma palma, mas não se compara ao crivo analítico de um olhar rápido do ser humano, com o seu conceito desenvolvido do que são as mãos. Além disso, é incrivelmente difícil desenhar as mãos para os humanos também.

“Devido à complexa geometria das mãos, não há um padrão de linhas ou formas que a IA possa reconhecer como uma mão”, explicou Jim Nightingale, designer e especialista em IA. “A fim de gerar mãos realistas, a IA precisa mesclar múltiplas formas e arranjos diferentes. Existem cerca de 30 pontos de divergências geométricas na mão humana, desde o comprimento e largura dos dedos até aos metacarpos e articulações do pulso”.

Fonte: Lê Mundo

- Publicidade -