Por unanimidade, o Plenário da Câmara aprovou – nesta segunda-feira (8) – em sessão ordinária, o projeto de lei nº 9/2021, de autoria do vereador Leandro Lauriano das Neves (Solidariedade), o Lão, que torna obrigatória a presença de um intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) em todos os eventos oficiais do município.

SÃO PAULO – O projeto, que seguiu para a sanção do prefeito Lucas Seren, engloba eventos realizados pela Prefeitura e pela Câmara. Segundo Lão, a proposta tem por objetivo garantir o direito às pessoas com deficiência auditiva de participarem de quaisquer eventos públicos oficiais numa clara demonstração de inclusão.

“Estas pessoas geralmente não são valorizadas pela sociedade”, disse o vereador na justificativa ao projeto, complementando ainda que a Libras tem o reconhecimento da Lei Federal nº 10.436, de 24 de abril de 2002.

Fonte: Câmara Municipal de Bebedouro

Comentários no Facebook