Tibiriçá Maineri (PRB) assumiu cadeira no Legislativo na semana passada.

RIO GRANDE DO SUL – A Câmara de Vereadores de Caxias do Sul vive um momento histórico. Além de ter a maior bancada feminina desde a implantação do Legislativo, passou a contar, nesta semana, com o primeiro vereador surdo de sua história. Tibiriçá Vianna Maineri (PRB), primeiro suplente da coligação PRB-PR, assumiu a cadeira deixada por Chico Guerra (PRB), que se licenciou para ser chefe de gabinete do prefeito Daniel Guerra, também do PRB.

A ida de Tibiriçá para a Câmara exigiu adaptações, como a contratação de mais uma intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras) — duas tradutoras já atuam na transmissão das sessões pela TV Câmara. O contrato com a empresa prestadora do serviço já previa a oferta de um terceiro profissional. A tradução é fundamental para que Tibiriçá consiga acompanhar os pronunciamentos dos colegas e possa se manifestar.

Grasiele Pavan, contratada pelo Legislativo, e Liége Matzenbacher Dalla Porta, assessora do gabinete do Tibiriçá, são “as vozes e ouvidos” do vereador. Elas se revezam na tradução durante as sessões e nas reuniões das comissões. Tibiriçá, aliás, faz parte de duas: Comissão de Ética Parlamentar e Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, antes ocupadas por Renato Nunes (PR).

As duas traduzem os discursos de Tibiriçá aos outros vereadores e vice-versa. Conforme Liége, o vereador avisa o que pretende falar no plenário para que elas tenham ideia do que será a manifestação.

— Sempre tem uma combinação, a gente sabe o que vai ser falado, mas tem de estar preparada para os improvisos — explica a assessora, que também irá acompanhar o vereador em visitas que ele fizer a moradores, por exemplo.

Braço direito
Liége trabalha com Tibiriçá desde a campanha eleitoral de 2016. Foi assessora da Coordenadoria de Acessibilidade da prefeitura no período em que ele esteve como titular, de 2017 até agora. Liege chegou a assumir a Coordenadoria quando Tibiriçá se exonerou para concorrer a deputado estadual, no ano passado.

Primeiro discurso
Tibiriçá irá ocupar a tribuna da Câmara na próxima terça-feira (12). Será seu primeiro pronunciamento no espaço chamado de Grande Expediente das sessões do Legislativo.

Mais vereadores surdos no país
Tibiriçá é, possivelmente, o quarto vereador surdo do Brasil, conforme pesquisa feita pela reportagem. Não é possível descartar a existência de mais casos de vereadores surdos nos Legislativos nos 5.570 municípios brasileiros.

Pelo menos três parlamentares, em diferentes cidades brasileiras, foram eleitos em 2012: Cailan Silva Barros (PRB), no município de Água Fria (BA); Lucas Botti (MDB), em Ibiporã (PR); e Pedro Henrique de Macedo Silva (PSD), em Catalão (GO).

Pedrinho, como é conhecido, é o único dos três que conseguiu se reeleger e cumpre o segundo mandato no município goiano de pouco mais de 86 mil habitantes e a 265 quilômetros de Goiânia, capital do Estado.

Fonte: http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/politica/noticia/2019/02/com-vereador-surdo-muda-a-dinamica-das-sessoes-da-camara-de-caxias-do-sul-10697285.html

Comentários no Facebook