O Centro de Capacitação Profissional para o Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS) está oferecendo dois cursos de Língua Portuguesa para a comunidade surda. O setor, vinculado à Secretaria Municipal de Educação (Smed), irá atender a toda a demanda de interessados. As atividades serão conduzidas pelo professor surdo, Murilo Rocha Nunes, e pela coordenadora da Central de Libras (CIL), Jaqueline França.

BAHIA – Os cursos acontecerão em duas modalidades: L1 e L2. A primeira é voltada ao ensino de Língua de Sinais para quem ainda não é alfabetizado em Libras. Essa capacitação é importante para que o aluno possa se identificar como sujeito surdo pertencente a uma comunidade usuária da Língua de Sinais.

Já a modalidade L2 do curso irá qualificar surdos que já são alfabetizados em Língua de Sinais, mas precisam aperfeiçoá-la. Por isso, a atividade irá atender às necessidades dos falantes de Libras, trabalhando as suas dificuldades e lhes fornecendo ferramentas para uma melhor comunicação.

A coordenadora da CIL, Jacqueline França, explica a importância da participação da comunidade surda nas ações: “A língua portuguesa para surdos é importante porque garante a liberdade de comunicação e acesso de informação no meio social, onde o surdo necessita ser atendido. A prática da escrita para o surdo facilita a comunicação dele em diferentes ambientes sociais.”

As inscrições para as duas atividades serão realizadas de 25 a 29 de março, na sede da CAS, localizada na Praça Tancredo Neves, nº 116, Centro. O horário de atendimento é das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas. Para participar, é preciso apresentar cópias dos documentos pessoais e comprovante de escolaridade.
As capacitações têm carga horária de 40 horas e acontecerão toda quarta e quinta-feira, no turno da manhã. As aulas serão iniciadas nos dias 3 e 4 de abril.

Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (77) 3424-7845 ou do e-mail [email protected].

Fonte: http://www.pmvc.ba.gov.br/prefeitura-oferece-cursos-de-lingua-portuguesa-a-comunidade-surda/

Comentários no Facebook