Proposta é do vereador André Luiz do PTC. A comunidade surda de Manaus pode contar com acessibilidade nas escolas da Rede Municipal em breve.

Foi deliberado na manhã de quarta-feira (17/7), o projeto de lei nº 255/2019, de autoria do vereador André Luiz (PTC), que visa incluir a Língua Brasileira de Sinais (Libras) como uma nova disciplina na grade curricular dos professores. Se sancionado, o projeto que segue em tramitação na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), irá beneficiar uma comunidade de 80 mil pessoas.

Para o vereador André Luiz, autor da propositura, a matéria é importante pois, além de ser assegurada pela Constituição Federal por meio da Lei nº 10.436 de 2002, ainda dispõe a beneficiar todos os surdos com o direito à Educação.

“Acho que chegou o momento desta lei ser cumprida e colocada em prática, e, não há momento melhor do que este para isto acontecer, principalmente porque este é um projeto que não gera custos, tendo em vista que o município dispõe da Espi (Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional) que pode estar capacitando os professores da capital e garantir esta inclusão à comunidade surda”, afirma o parlamentar que ainda destaca querer que a propositura seja algo pioneiro em Manaus e no país que hoje conta com 9 milhões de surdos, onde a Libras é a língua mais utilizada pela população.

Presente no plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Marcelo da Costa que é presidente da Associação dos Surdos de Manaus (Asman), ressaltou que o projeto é algo inovador, pois, garante o direito dos deficientes auditivos poderem se comunicar com outras pessoas da sociedade, tendo em vista que, se os sinais forem ensinados na escola, as crianças que são futuros adultos, poderão mudar a sociedade de um futuro próximo, tornado a Libras como algo natural.

“Imagine uma pessoa surda indo ao médico e não sabendo informar o que passa com sua saúde? São nestas horas que vemos a necessidade de pessoas vários setores terem o conhecimento dos sinais, o que pode ajudar até mesmo a salvar vidas”, completa o presidente da Asman.

Fonte: https://amazonasnoticias.com.br/projeto-que-inclui-libras-como-disciplina-nas-escolas-de-manaus-avanca/

Comentários no Facebook