Minicurso “Libras na Linha de Frente” busca facilitar a comunicação entre esses profissionais e pacientes surdos.

A fim de facilitar o entendimento e a comunicação entre profissionais da saúde que atuam no combate à Covid-19 e pacientes surdos, acadêmicos do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia em Saúde (PPGTS) da PUCPR promovem o minicurso gratuito “Libras na Linha de Frente”, que busca capacitar esses profissionais na Língua brasileira de sinais.

As aulas estão disponíveis gratuitamente no canal do curso no YouTube. Para assistir, basta preencher a ficha de inscrição, inscrever-se no canal e curtir os vídeos de todas as aulas. Os professores pedem ainda que aqueles que fizerem o curso se comprometam a divulgar a iniciativa, para que mais pessoas possam ter acesso ao conhecimento e para que os conteúdos possam ser ampliados. Os inscritos poderão, inclusive, sugerir temas e sinais que desejam aprender para se comunicarem com pacientes surdos conforme cada setor de atuação na área da saúde.

Inclusão na saúde
As aulas são ministradas pelo doutorando do PPGTS Alexsander Pimentel, professor, tradutor e intérprete de Libras. “Entendemos que a verdadeira inclusão começa pelo conhecimento do outro e para o surdo conhecer sua língua é conhecer sua identidade e assim aceitá-lo como surdo”, explica.

O minicurso é uma iniciativa dos acadêmicos que participam do projeto Unidos pela Saúde, desenvolvido por mestrandos e doutorandos do PPGTS em conjunto com profissionais de saúde voluntários e estudantes de outras instituições de ensino. O foco principal do projeto é levar informações de cuidados de saúde à população em geral de maneira acessível e adaptada às pessoas com deficiências.

“Quando é atendido por um profissional da saúde que conhece Libras, o paciente surdo se sente muito mais acolhido. O curso tem o propósito de romper o isolamento da comunicação e a exclusão das pessoas com deficiência auditiva”, diz Luana Bastos, mestranda do PPGTS.

Fonte: PUCPR – Grupo Marista 

Comentários no Facebook