Além das escolinhas, que são tão importantes para fortalecer sua base de atletas, a Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS) também têm investido nas clínicas esportivas. As clínicas são realizadas, em diversas regiões do Brasil, com a proposta de descobrir novos talentos que irão compor as seleções brasileiras em torneios internacionais disputados pela CBDS.

Segundo o coordenador técnico das Seleções Brasileiras de Voleibol de Surdos, Mário Xandó, as clínicas esportivas são fundamentais para formar atletas de alto rendimento.

“Nas escolinhas, os alunos têm a oportunidade de aprender a modalidade do zero, os fundamentos, para depois seguir para a prática de treinos. Já nas clínicas é diferente. Elas funcionam como um caça-talentos para descobrir atletas com potencial. Por isso elas são tão importantes”, explica Xandó.

As clínicas esportivas da CBDS já revelaram muitos talentos que integraram as seleções brasileiras que disputaram a 24ª edição da Summer Deaflympics, realizada no último mês, em Caxias do Sul (RS).

As clínicas de esportes da CBDS são voltadas exclusivamente a jovens surdos, a partir de 16 anos de idade. As próximas edições das clínicas de Vôlei serão realizadas nos dias 11 e 12 de junho, no CIEF Brasília (DF) e nos dias 18 e 19 de junho, no Instituto Santa Teresinha (SP).

As clínicas esportivas da CBDS tem apoio do Ministério da Cidadania e da Secretaria Especial do Esporte, e patrocínio das Loterias Caixa e do Governo Federal. Para saber mais acesse o site da CBDS.

Fonte: CBDS

Comentários no Facebook