Entretanto, Comitê Internacional de Esportes para Surdos garante que evento será realizado na Serra Gaúcha.

Faltando menos de um ano para a realização da 24ª Surdolimpíada, em Caxias do Sul, entre os dias 1º e 15 de maio de 2022, um conflito entre a Confederação Brasileira de Desportos para Surdos (CBDS) e o Comitê Internacional de Esportes para Surdos (ICDS) tenta trocar a cidade sede para o Rio de Janeiro (RJ).

Fontes ouvidas pela reportagem da Tua Rádio São Francisco revelaram que a tentativa de alteração do local partiu da presidente da CBDS, Diana Kyosen. Esse movimento estaria dificultando as relações para a organização do evento no Rio Grande do Sul. Além disso, gerou confusão nas confederações nacionais sobre o local oficial da 24ª edição da Surdolimpíada.

Na tarde desta terça-feira (14), o facebook da CBDS divulgou o lançamento do site da Surdolimpíada no Rio de Janeiro. A postagem descreve como um “dia histórico no movimento surdolimpico e principalmente brasileiro”.

O CEO do ICDS, Dmitry Rebrov, divulgou uma carta no sábado (11), em que reforça a realização do evento em Caxias do Sul. No documento, ele destaca o apoio de diversos segmentos do poder público, tanto municipal, estadual e federal, para que Caxias seja a sede. Por fim, Rebrov enfatiza que qualquer comunicação da CBDS perde o efeito. O CEO também reprova as atitudes da confederação brasileira.

Para reforçar a decisão de manter o evento em Caxias, no início deste mês, dois delegados estrangeiros do ICDS estiveram na Serra Gaúcha por quatro dias. Eles conheceram e avaliaram as instalações que serão utilizadas nos jogos.

A presidente da CBDS foi procurada. Entretanto, não se manifestou até o fechamento da reportagem sobre o posicionamento institucional da confederação. Sobre isso, fontes afirmam que Diana pode sofrer punições judiciais e do ICDS.

Confira a carta do CEO do ICDS.

Confira a ata da visita dos delegados do ICDS.

Visite o site oficial de Surdolimpíada – surdolimpiadas2021.com.br

Deaflympics 2021 – deaflympics2021.com

Fonte: Tua Radio

Comentários no Facebook