Eduardo de França Gonçalves tem deficiência auditiva e escreveu o pedido que foi enviado para os Correios. Cartinhas podem ser retiradas pela internet ainda neste mês ou até o dia 13 de dezembro nas agências.

Como presente de Natal, um garoto de 11 anos pediu um aparelho auditivo para o Papai Noel, em Cuiabá. Eduardo de França Gonçalves tem deficiência auditiva e escreveu o pedido em uma cartinha que foi enviada para a agência dos Correios.

As cartinhas podem ser adotadas pela internet ainda neste mês ou até o dia 13 de dezembro em uma das agências no estado. A campanha para adotar as cartas do Papai Noel dos Correios pela internet começou no dia 11 em Mato Grosso.

Eduardo tem problemas com audição desde que nasceu. Segundo ele, como escreveu na cartinha, a família não tem condições de comprar um aparelho moderno. O presente que ele deseja é para facilitar os estudos na escola.

Ele estuda na Escola Municipal de Educação Básica Professora Joana Dark da Silva no Bairro Real Parque, na capital.

Segundo a avó de Eduardo, Clemair Gonçalves, o neto foi diagnosticado com a surdez ainda na infância durante uma consulta de rotina. Para ela, o pedido é especial, pois o menino quer ter mais facilidade na aprendizagem.

Eduardo mora com a avó e é considerado como um filho para Clemair.

Cartinha
Na cartinha, Eduardo contou que em 2018 ele teve muita dificuldade para estudar, pois o aparelho que ele utilizava quebrou. “Eu tive que estudar sem ele [aparelho] e foi muito difícil de entender os sons”, escreveu na cartinha.

Eduardo conseguiu um novo aparelho quase um ano depois, mas, mesmo assim, ele disse que está com dificuldade para se adaptar ao aparelho, já que se trata de uma ‘versão antiga’. O aparelho que ele precisa é um modelo FM, segundo ele.

“Minha mãe mora em outro bairro e não tem condições de comprar. Eu gostaria muito de conseguir esse aparelho para que eu possa entender e falar melhor. Papai Noel, olhe com carinho o meu pedido, mas, se não der, pode ser um boné ou um boneco do homem-aranha”, declarou na cartinha.

Clemair disse ao G1 que o neto é uma criança maravilhosa e muito querido.

Ele usa aparelho desde os dois anos de idade. Desde pequeno, já utilizou vários tipos de aparelhos e chegou a ficar dois anos sem o acessório.

Eduardo ainda tem dificuldade em se comunicar devido à deficiência auditiva. No momento, não estuda libras, mas não falta vontade de aprender.

Campanha
A campanha Papai Noel dos Correios é uma iniciativa de carteiros que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartas escritas por crianças, destinadas ao Papai Noel, porém, sem endereço.

Sensibilizados, resolveram adotar eles mesmos as cartinhas e enviar os presentes. Com o passar do tempo, a ação ganhou proporção e acabou se transformando num projeto corporativo.

A partir de então, as cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas e, depois, são disponibilizadas nas unidades da empresa para os voluntários.

Os carteiros não distribuem cartas das crianças diretamente à população, em suas residências. Os interessados precisam buscar as correspondências nas unidades ou se cadastrar no blog da campanha.

Em Mato Grosso, nos últimos dois anos, mais de 50 mil cartas foram entregues ao ‘Papai Noel’. Em 2017, o estado recebeu 23.376 cartinhas escritas por crianças e, em 2018, foram recebidas 26.787 cartinhas. No ano passado, foram adotadas 11.167 cartinhas, segundo os Correios.

As cartas são escritas por crianças de famílias de baixa renda e poderão ser escolhidas na internet até o dia 29 de novembro e estão disponíveis apenas para Cuiabá.

Entretanto, nas agências dos Correios as cartinhas podem ser adotadas até o dia 13 de dezembro.

Fonte: https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2019/11/22/crianca-pede-aparelho-auditivo-em-cartinha-para-o-papai-noel-dos-correios-e-cita-dificuldade-para-estudar-em-cuiaba.ghtml

Comentários no Facebook