A formação continuada dos profissionais do magistério que atuam com alunos surdos da Rede Municipal de Ensino ocorre mensalmente desde 2010.

Neste processo, acontece até sexta-feira (30), o curso “Letramento, Bilinguismo e Educação de Surdos no Contexto Escolar Inclusivo”, ministrado pela professora doutora Cristina Broglia Feitosa de Lacerda, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), e ganhadora do 56º Prêmio Jabuti de Educação, com o livro “Tenho um aluno surdo, e agora?” O curso reúne cerca de 74 participantes no auditório da Universidade Potiguar – Campus Floriano Peixoto.

A atividade tem o propósito de reforçar o trabalho de capacitação dos profissionais, de modo que, possam adaptar o trabalho, articulado junto aos professores dos componentes curriculares, para os alunos surdos. Segundo a chefe do Setor de Educação Especial, professora Érika Oliveira, o curso aborda a questão do ensino bilíngue e da importância da língua de sinais, tanto para o aprendizado como para a identificação do surdo. “Estão envolvidos professores de Libras, professores tradutores-intérpretes de Libras, professores do Atendimento Educacional Especializado, coordenadores pedagógicos e assessores pedagógicos, pensando em fortalecer o processo de escolarização na perspectiva bilíngue, num contexto inclusivo”.

Professora surda efetiva da Rede Municipal de Ensino, Daniela Soares de Siqueira, leciona no Centro Municipal de Educação Infantil Prof. Maria Ilka Soares da Silva e na Escola Municipal Djalma Maranhão. Para ela, a utilização da Libras, diariamente, na escola é um fator de grande relevância para o indivíduo. “É importante também sempre acompanhar o aluno para que ele se sinta mais confortável junto dos colegas, e, desse modo, leve experiências e os conhecimentos adquiridos na escola para a comunidade surda”.

A Rede de Ensino de Natal conta com 60 alunos surdos, distribuídos em 31 unidades de ensino. Para melhor atender a esses estudantes, é desenvolvido um trabalho de adaptação do conteúdo curricular

Durante o curso, a professora doutora Cristina Broglia abordou a importância do ensino bilíngue para o aprendizado e a formação da identidade das crianças surdas, visto que sua língua materna é a Libras, e também da relevância de dialogar com a família, para reconhecer o valor da língua de sinais.

Fonte: http://www.portaldaabelhinha.com.br/em-natal-professores-de-libras-participam-de-curso-com-vencedora-do-premio-jabuti-de-educacao

Comentários no Facebook