Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES) abre vagas para Tutor no curso de Graduação de Pedagogia, na modalidade EaD.

O Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES) torna público o edital nº 28/2018 de seu processo seletivo simplificado que tem por objetivo a contratação por tempo determinado, além de formação de cadastro reserva, no cargo de Tutor presencial e virtual no âmbito da Universidade Aberta do Brasil.

São 220 vagas para atuação no curso de Graduação de Pedagogia, na modalidade EaD. Estas vagas serão distribuídas entre os seguintes polos:

  • INES – Instituto Nacional de Educação de Surdos (Polo);
  • IFG – Instituto Federal de Goiás – Campus Aparecida de Goiânia;
  • UEPA – Universidade do Estado do Pará;
  • UFAM – Universidade Federal do Amazonas;
  • UFBA – Universidade Federal da Bahia;
  • UFGD – Universidade Federal da Grande Dourados;
  • UFLA – Universidade Federal de Lavras;
  • UFPB – Universidade Federal da Paraíba;
  • UFPR – Universidade Federal do Paraná;
  • UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul;
  • UNIFESP – Universidade Federal de São Paulo;
  • UFC – Universidade Federal do Ceará;
  • IFSC – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina – Campus Palhoça.

Para concorrer a uma vaga é necessário possuir Licenciatura e/ou Bacharelado e experiência mínima de um ano no magistério da educação básica ou superior.

As vagas são temporárias e os tutores irão atuar por até 48 meses.

O valor da bolsa para tutoria é de R$ 765,00 para 20 horas semanais.

As inscrições serão realizadas entre os dias 04 e 05 de fevereiro de 2019, exceto para o polo do IFSC, quando as inscrições ocorrerão nos dias 31 de janeiro e 01 de fevereiro de 2019. As inscrições deverão ser feitas presencialmente em cada polo.

Este processo seletivo será composto por análise curricular e entrevista.

O edital está disponível no site do INES – Instituto Nacional de Educação de Surdos.

Fonte: https://www.concursosnobrasil.com.br/concursos/br/2018/12/concurso-do-ines.html

Comentários no Facebook