Profissionais da FMS poderão entrar em contato com o SAMU para que seja viabilizado o acesso.

PIAUÍ – Com o intuito de contribuir com o acesso ao conhecimento na área de urgência e emergência, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Teresina lançou oficialmente a sua plataforma de ensino à distância. Os profissionais do SAMU e da Fundação Municipal de Saúde (FMS), através de login e senha, já podem ter acesso ao primeiro curso semipresencial que está disponível: o  de Libras, para que eles aprendam sinais específicos de atendimento e possam lidar com o paciente surdo no momento de agravos a saúde.

Os profissionais da FMS que manifestarem interesse em participar do curso de Libras poderão entrar em contato com o SAMU para que seja viabilizado o acesso à plataforma. “Esse curso atende uma exigência da legislação e contribui com o atendimento do paciente surdo. O profissional aprenderá sinais básicos e poderá fazer perguntas decisivas para o adequado tratamento. Inicialmente, treinaremos os grupos de profissionais: agentes de portaria e profissionais do SAMU”, explica Patrícia Marques, servidora do SAMU e professora de idiomas.

“Para que possamos aperfeiçoar a rede municipal de saúde da capital piauiense é necessário que haja uma grande programação de qualificação profissional dentro da FMS e a plataforma de ensino do SAMU contribuirá com esse processo.  Essa renovação de conhecimentos é benéfica para todos os envolvidos, tanto para o profissional, que assegura eficiência de sua atenção, quanto para o usuário. ”, ressalta o presidente da FMS, Charles Silveira, durante a solenidade de inauguração da plataforma, que ocorreu hoje (16).

Segundo Francina Amorim, diretora geral do SAMU, a plataforma de ensino foi idealizada pelo SAMU e desenvolvida pela Empresa Teresinense de Processamento de Dados (PRODATER). “Os cursos podem ser online ou semipresenciais.  De modo geral, serão disponibilizados diferentes materiais para a leitura: apostilas, artigos, livros, vídeos, atividades de fixação e de checagem do conhecimento. Ainda no ambiente virtual será disponibilizado meios de interação do aluno com os professores, através de chats e fóruns”.

De acordo com Laurimary Caminha, coordenadora do Núcleo de Educação em Urgência (NEU) do SAMU, “serão oferecidos nos níveis de aperfeiçoamento, capacitação e atualização para profissionais de saúde em seus processos de trabalho, com abordagem de temas importantes como: Biossegurança,  Rede de atenção à saúde, urgências clínicas, traumáticas, obstétrica, psiquiátrica, pediátrica, entre outros”.

Fonte: http://www.portalpmt.teresina.pi.gov.br/noticia/Plataforma-de-ensino-do-SAMU-disponibiliza-curso-de-Libras/22190

Comentários no Facebook