Yaroslav Suris, um norte-americano com deficiência auditiva, entrou com processo contra o site de vídeos pornográficos PornHub por não incluir legendas em seus vídeos. O rapaz alega, nos documentos do processo, que ele e outras pessoas surdas não têm “acesso completo” ao conteúdo do site.

Segundo a TMZ, Suris até diz que assinaria o serviço premium pago do PornHub se os vídeos viessem, todos, com legendas para deficientes auditivos. No processo, ele não só quer obrigar o site a fazer a inclusão, como também busca recompensa monetária por danos morais.

O rapaz até mesmo listou alguns vídeos que tentou assistir no site, mas que abandonou por não entender sem o áudio. Os títulos vão de “policial sexy faz testemunha falar” a “tia postiça vira babá de sobrinho desobediente”.

O Pornhub, através do seu vice-presidente Corey Price, respondeu ao processo alegando que o site tem uma sessão especial com vídeos legendados para deficientes auditivos. Para além disso, Price comentou que o site “evita falar sobre processos em litigação”.

Fonte: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2020/01/17/pornhub-e-processado-por-homem-surdo-que-reivindica-legendas-nos-videos.htm

Comentários no Facebook