Inicialmente estão sendo ofertadas 25 vagas para surdos e as matrículas já estão abertas.

MARANHÃO – A inclusão está presente na Educação de Timon, e a mais nova conquista nessa área é que o muincípio terá a primeira escola bilíngue para a inserção da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). A EMEF Urbano Martins, que fica localizada na Rua João Joca Assunção, nº 2015, no Parque Piauí, está com matrículas abertas e oferta 25 vagas para surdos. Essa ação beneficiará professores, alunos, funcionários e estudantes com surdez para um completo desenvolvimento de habilidades com a linguagem.

As vagas ofertadas são para alunos do 3º ao 8º ano no turno da tarde. Para a matrícula, basta comparecer à escola com a documentação, que inclui: Certidão de nascimento para comprovação da idade do aluno; CPF do aluno; CPF do responsável; Comprovante de endereço constando o CEP; e histórico escolar.

De acordo com a diretora da unidade, Vilma Pinheiro, a escola vem sendo preparada para receber esse público e tudo está sendo feito para proporcionar um ambiente onde haja troca de conhecimentos. Toda a equipe de professores e os funcionários passarão por capacitação para atender o novo público.  “Aqui já temos uma professora intérprete de LIBRAS, mas com a ampliação da oferta de vagas esse número deve aumentar e em todas as salas que tiverem estudantes surdos haverá um profissional da área”, explicou.

Atualmente a escola funciona de manhã e à tarde e tem capacidade para 640 alunos, sendo 320 em cada turno. Possui oito salas de aula, sala de professores, sala de informática, biblioteca e banheiros adaptados. Em breve, a escola deve passar por uma manutenção em toda a estrutura física para início do ano letivo.

De acordo com a secretaria de Educação, Dinair Veloso, essa é uma ação que visa à integração e efetiva inclusão da pessoa com deficiência no ambiente escolar. É um trabalho que já vem sendo realizado com capacitações e cursos de LIBRAS para professores e demais profissionais da educação municipal. “Temos uma visão ampla desse processo de ensino, e incluir surdos na escola regular é uma forma de trazer conhecimento para os alunos e demais profissionais que trabalham na educação. Será a primeira escola bilíngue do leste do Maranhão e de Timon”, disse.

Fonte: http://timon.ma.gov.br/site/?p=295294

Comentários no Facebook