Projeto que estabelece como critério de desempate em concurso público da Prefeitura, o curso de capacitação em Libras (Língua Brasileira de Sinais) tramita na Câmara Municipal de Goiânia.

O autor da proposta é o vereador Leandro Sena (PRTB) e a sugestão é que o certificado de proficiência em Libras, conforme a legislação federal vigente, seja apresentado durante o processo seletivo para concursos municipais e sirva como um parâmetro a mais para o caso de empate entre os candidatos.

“As pessoas surdas ou com deficiência auditiva enfrentam dificuldades na comunicação e sofrem com a dificuldade de recebimento e emissão de informações”, explica Sena, acrescentando que “o desrespeito à acessibilidade gera discriminação, uma vez que prejudica o exercício de uma série de direitos fundamentais da pessoa com deficiência conforme preceitua a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência”.

Fonte: Câmara Municipal de Goiânia

Comentários no Facebook