Karine Ossuna de Souza decidiu fazer o curso de Língua Brasileira de Sinais após perceber as dificuldades que a prima, surda, passava.

MATO GROSSO DO SUL – A acessibilidade nunca esteve em tamanho destaque no país. Uma das responsáveis pelos holofotes dessa causa é a primeira dama Michelle Bolsonaro, que no dia da posse presidencial, quebrou o protocolo e discursou em LIBRAS no Palácio do Planalto. Entretanto, mesmo com a maior divulgação, em situações diárias a falta de comunicação pode gerar a exclusão de pessoas de serviços tidos como básicos para as pessoas que não possuem surdez.

A esteticista Karine Ossuna de Souza, 25, se atentou para os problemas de comunicação entre os surdos e não-surdos após ter contato com a Língua Brasileira de Sinais através da prima, surda. Depois de passada a curiosidade inicial, se apaixonou pela língua, que começou a estudar a linguagem há 1 ano. A partir da última segunda-feira (13), Karina passou a também fazer atendimento utilizando a Língua de Sinais.

Para a profissional, há um preconceito com a comunidade surda quando se trata da comunicação. Depois de iniciar o curso de LIBRAS, Karine começou a reparar a sua volta em como essa minoria era tratada no dia a dia. Na grande parte dos estabelecimentos comerciais que ia, percebia que os vendedores tinham que improvisar na mimica, ou os clientes tinham que escrever para serem devidamente atendidos.

“A maioria dos estabelecimentos que atendem ao público não tem acessibilidade para este público. Ainda não procuram saber da dificuldade de se comunicar. Esquecem que é um idioma e que todos têm o direito de se comunicar com as outras”, ressaltou ela.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Esteticista Karine Ossuna (@esthetickarine) em

A esteticista decidiu então postar um vídeo nas redes sociais exclusivamente em LIBRAS para a comunidade surda com a legenda: “Oi, tudo bem ? Meu nome é Karine. Sou profissional estética. Tenho um aviso muito importante! Convido todos os surdos a conhecerem meu trabalho e terem um atendimento especial: limpeza de pele, maquiagem, massagem corporal, depilação, emagrecimento e vários outros tratamentos. Qualquer dúvida envie para mim pelo whatsapp ou pelo instagram. Espero por vocês. Obrigada”, escreveu e convidou as seguidoras a marcarem as amigas.

Serviço
A esteticista atende pelo Instagram @esthetickarine e também pelo WhatsApp: (67) 99283-9732.

Fonte: https://www.midiamax.com.br/midiamais/comportamento/2019/esteticista-campo-grandense-aprende-libras-para-atender-clientes-surdas/

Comentários no Facebook