Em todo o estado, são 96 funcionários PCD, sendo 66 deles em BH.

O auditório do Senac, no Centro de Belo Horizonte, foi palco de um momento singular ao receber 22 adolescentes com deficiência auditiva em busca do seu primeiro emprego e que acabavam de ser contratados pelo McDonald’s para atuar em seus restaurantes.

Na sala, era fácil perceber o grau de expectativa, curiosidade e excitação entre eles. As mãos, com agilidade impressionante, agitavam-se no ar numa sequência rápida e cadenciada de códigos e sinais, que eram prontamente respondidos por uma eficiente tradutora de Libras. Todos pareciam compreender naquele momento a dimensão da oportunidade que estavam abraçando. Afinal, são mais de 13 milhões de desempregados, segundo o IBGE, buscando todos os dias uma chance como esta no país.

“Dar oportunidade às pessoas com deficiência faz parte do nosso DNA. Apoiamos a diversidade e acreditamos que podemos nos conectar melhor com nossos funcionários e consumidores, pois quando contratamos uma pessoa com deficiência promovemos um ambiente de trabalho muito mais justo e inclusivo”, destaca Marcelo Nóbrega, Diretor de Recursos Humanos do McDonald’s.

Devido à preocupação com a qualificação dos jovens, a empresa conta com o apoio de instituições de grande reputação, como FGV, FIA, IOS, Endeavor e Instituto Ayrton Senna. Para contratação destes deficientes auditivos em Belo Horizonte, a parceria foi com a Rede Cidadã, que promove a inserção desses jovens no mercado de trabalho. “Por meio de parcerias público-privadas, contribuímos para o desenvolvimento da nossa comunidade ao focarmos em um dos principais desafios sociais da região, que é o desemprego juvenil. Por meio de nossos programas, assumimos a responsabilidade de colaborar ativamente para reduzir as barreiras encontradas para os jovens do Brasil conseguirem o primeiro emprego formal”, explica Marcelo.

O McDonald’s conta com uma estrutura de contratação e inclusão de pessoas com diversos graus de deficiência física e mental. Atualmente, a companhia investe R$ 40 milhões em capacitação pessoal no Brasil. E além do treinamento, a empresa conta com mais de 100 organizações parceiras que auxiliam em iniciativas que garantam um melhor desenvolvimento deste perfil de profissional. A rede também possui uma equipe dedicada exclusivamente à captação, contratação, acompanhamento e integração de PCDs para os restaurantes.

Fonte: https://www.bheventos.com.br/noticia/04-30-2019-mcdonald-s-contrata-22-funcionarios-com-deficiencia-auditiva

Comentários no Facebook