O município de Sinop será o primeiro de Mato Grosso a implantar o Projeto da Escola Bilíngue de Surdos, desenvolvido pelo governo Federal.

MATO GROSSO – Por intermédio do senador Wellington Fagundes (PL), em agenda nesta quinta-feira (17.02) no Ministério da Educação (MEC), em Brasília, a deputada estadual Janaina Riva (MDB) conheceu mais sobre o projeto e discutiu com a secretária de Modalidades Especializadas de Educação, Ilda Ribeiro Peliz, e com a diretora de Políticas de Educação Bilíngue de Surdos do MEC, Cristiane Nunes Bez Batti, sobre a possiblidade de implantar em Cuiabá um projeto de cinema acessível, bem como sobre a capacitação de professores.

Segundo Janaina, o projeto para Sinop já está aprovado, o recurso empenhado e o lançamento da pedra fundamental vai ser em março. “Saio daqui hoje extremamente satisfeita em ver a preocupação com a inclusão e o trabalho que está sendo realizado pelo Ministério da Educação para que isso aconteça”, afirma a parlamentar que cumpre uma série de agendas em Brasília nesta quinta-feira.

A lei que dispõe sobre a modalidade de educação bilíngue de surdos foi sancionada no dia 03 de agosto de 2021. A Lei nº 14.191 altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), no âmbito do artigo 3º, incluindo que deve ser respeitada a diversidade humana, linguística, cultural e identitária das pessoas surdas, surdocegas e com deficiência auditiva sinalizantes.

De acordo com o governo federal, ao assegurar na LDB a oferta da educação bilíngue aos estudantes surdos, desde a educação infantil e ao longo da vida, é realizado, consequentemente, o incentivo à produção de material didático bilíngue, à formação de professores, e aos currículos de Língua Brasileira de Sinais (Libras) como primeira língua e de português como segunda língua.

Fonte: Primeira Hora

Comentários no Facebook