Objetivo é proporcionar um atendimento digno e acessível às pessoas com deficiência auditiva.

MATO GROSSO – Os vereadores aprovaram um projeto de lei, nesta quarta-feira (17), que autoriza a capacitação de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para guardas municipais que trabalham em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

A proposta foi apresentada pelo presidente da Câmara Municipal, o vereador Fábio José Tardin – Fabinho (DEM).

Segundo o parlamentar, o objetivo é proporcionar um atendimento digno e acessível às pessoas com deficiência auditiva.

“A falta de comunicação inviabiliza um atendimento adequado aos deficientes auditivos, principalmente em momentos de estresse. Todos merecem um atendimento humanizado e digno, como orienta a nossa Constituição Federal, por isso é fundamental criarmos políticas públicas e proporcionarmos acessibilidade para garantirmos a inclusão social a todos”, diz na proposta.

Agora, a proposta segue para sanção ou veto do prefeito Kalil Baracat (MDB).

Fonte: G1

Comentários no Facebook