Lívia Armentano Sargi, de 17 anos, lê 30 livros por ano e quer ser juíza. ‘Deficiência me ajudou a ser boa aluna’, diz a jovem de Jaboticabal (SP).

PARANÁ – A estudante Lívia Armentano Sargi, de 17 anos, ficou encantada com o campus da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba. A jovem de Jaboticabal (SP), aprovada em sexto lugar no curso de direito pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), foi conhecer a faculdade e a cidade onde vai passar os próximos anos. “É uma ruptura muito grande com a minha antiga rotina. Mas representa um novo começo, novas chances e novos horizontes”, disse Lívia, empolgada com tanta mudança….

Leia o conteúdo completo: http://g1.globo.com/educacao/noticia/2015/02/aluna-com-deficit-auditivo-vai-cursar-direito-na-ufpr-novos-horizontes.html

Comentários no Facebook