A agência Carvalheira realizou uma série de ações para tornar o Carvalheira na Ladeira um dos eventos mais inclusivos do segmento no Nordeste. Entre as iniciativas englobadas no evento, reciclagem, combate ao assédio e medidas de acessibilidade fizeram desta uma folia para todos

PERNAMBUCO – Foram criadas soluções nas várias dimensões da acessibilidade: comunicacional, estrutural, programática e, principalmente, atitudinal. As ações começam nas redes sociais, com descrição de imagens e tags específicas para que as redes comuniquem a todos os públicos. Já dentro do evento, guias videntes para cegos, intérpretes de Libras para atender pessoas surdas e área para cadeirantes no frontstage foram alguns dos serviços disponíveis. Além disso, na praça de alimentação, os cardápios também foram impressos em braile.

Para estudante com cadeira de rodas Vitória Coelho a iniciativa foi marcante: “esse é o primeiro carnaval que brinco, parece que meu coração vai explodir de felicidade. Dos banheiros adaptados aos intérpretes em Libras para todas as músicas. Foi emocionante e inesquecível” comenta.

A Banda de Pífano da Inclusão, formada por seis pessoas com cadeiras de rodas, se apresentou no Palco Cultural, reforçando a representatividade em todos os âmbitos do Carvalheira na Ladeira. Equipe e promotores foram treinados para atender pessoas com deficiência e todos os serviços estavam disponíveis no Espaço da Acessibilidade, dentro do evento. “No Brasil, cerca de 24% da população possui algum tipo de deficiência. É importante que espaços sejam acessíveis. Por isso, a Carvalheira se esforça para oferecer um carnaval mais acessível, como nenhum outro”, comenta Eduardo Carvalheira, sócio da agência Carvalheira.

Jaqueline e Emanuel que são intérpretes de Libras, eles interpretaram as músicas inteira para surdos pela primeira vez da história do Carvalheira na Ladeira no carnaval 2019 em Olinda.

Também durante os cinco dias de evento a rede Women Friendly realizou algumas ações para conscientizar e prevenir a violência contra a mulher. A empresa é especializada em treinar equipes contra o assédio em ambiente corporativo e em estabelecimentos comerciais. No Carvalheira na Ladeira, a parceira foi pioneira entre os eventos privados em Pernambuco. A Women Friendly realizou um treinamento dos funcionários na sexta (1º), antes do início da festa, com a presença do sócio-diretor Victor Carvalheira. Segundo a CEO da Women Friendly, Ana Addobbatti, a ideia foi mostrar que “a liderança da Carvalheira apoia a causa. Quando a gente vir uma briga de marido e mulher, a gente mete a colher. E se virmos assédio, a gente chama o segurança. Queremos uma festa de paz para todo mundo”, relata.

Fonte: https://oconciergeonline.com.br/trade-news/carvalheira-na-ladeira-implanta-projeto-pioneiro-em-acessibilidade-lixo-zero-e-combate-ao-assedio/

Comentários no Facebook