Com o intuito de fortalecer a cultura nordestina de forma inclusiva entre os estudantes, a Unidade Escolar João de Assis Marques, localizada no município de Luzilândia-PI, promoveu na última quarta-feira (17) o seu arraiá com destaque a inclusão de uma apresentação em LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais.

PIAUÍ – Na programação, atrações juninas com danças portuguesas, comida típicas e muita animação durante o arraiá. O destaque da noite foram os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental que incluíram em suas apresentações de músicas juninas a Língua Brasileira de Sinais, transformando o arraiá em uma atividade inclusiva.

A diretora da unidade, Jesus Reis, idealizou a apresentação dos alunos voltada para a conscientização da utilização da segunda língua brasileira, junto ao intérprete e maestro Lucas Brito.

“Foi formado um grupo de intérpretes com 20 alunos do 9º ano para que em todas as apresentações de datas comemorativas da escola eles possam fazer a interpretação da libras. Eles aprenderam rápido todo o alfabeto, músicas e saudações, o conhecimento básico para terem o entendimento com a língua no seu cotidiano e o resultado foi emocionante”, disse.

Diante da procura pelos alunos para integrarem o projeto a escola decidiu ampliar a atividade para mais turmas incluírem em suas ações o uso das libras.

Intérprete responsável por iniciar os alunos na segunda língua oficial brasileira, Lucas Brito ressalta o engajamento dos alunos em conhecerem a libras e realizar a apresentação inclusiva.

“Mostrei a importância que a LIBRAS tem, a quem alcança, o uso e os efeitos para terem o entendimento sobre a segunda língua brasileira e eles tomaram gosto pela língua. Os alunos de outras turmas gostaram da ideia e também procuraram a direção para utilizar em outras atividades e a ideia é adotar a inciativa em todas as ações do calendário escolar”, informa o professor.

Fonte: https://www.seduc.pi.gov.br/noticia//7375/

Comentários no Facebook