Há 2 semanas um novo perfil tomava conta das redes sociais, o VascoLibras chegou demonstrando muito amor ao Vasco e principalmente representatividade com a comunidade surda

Iathsa Oliveira tem 27 anos e mora em Cerro Largo – RS, vascaína desde criança, intérprete de Libras e fundadora do projeto VascoLibras.

A fundadora do projeto também deu dicas para quem ainda não conhece Libras mas necessita auxiliar um surdo: Aprenda libras, existe muito conteúdo bom gratuito. Caso realmente não haja como, o que se deve ser feito é: não gritar! Não é gritando que ele vai te entender. Fique calmo, fale devagar, tente deixar o mais claro possível o que deseja perguntar ou responder.

Nessa época de pandemia, use máscara com tela transparente, há muito surdos que são oralizados e fazem leitura labial.

Mostre que você está disposto a aprender. Eu sempre digo que o surdo está disposto a te ensinar, o grande questionamento é: você está disposto a aprender? Porque quando você quer, se dispõe, as coisas acontecem muito!

A intérprete se colocou a disposição para ensinar libras ou até mesmo tirar qualquer dúvida relacionada a língua ou ao projeto:

– Se permita conhecer essa língua tão rica e cativante que é a libras! Tenho certeza que assim como mudou a minha vida, ela fará o mesmo com você, estou a disposição para tirar dúvidas e ajudar no que for necessário para tornar o Vasco Acessível e Inclusivo e fazer a Comunidade Surda Vascaína ser reconhecida, compreendida e amada.

Fonte: Papo na Colina

Comentários no Facebook