- Continua depois da publicidade -

Terminou na última sexta-feira (27) mais uma turma do curso de Modelagem e Impressão 3D, ofertado pelo Espaço 4.0 da unidade São Miguel dos Campos, do Instituto Federal de Alagoas (Ifal). Trata-se da primeira turma ofertada para alunos surdos. Quatro deles, além de outros dois ouvintes, receberam o certificado de conclusão de curso de 20h.

Para atender a especificidade, o instrutor do curso, Ícaro Ferreira, contou com a mediação de um intérprete. Egresso do Campus Marechal Deodoro, Vinícius Souza já havia sido monitor de um projeto de extensão voltado aos alunos surdos e também atuado profissionalmente como intérprete na unidade e agora topou o desafio de aprender um novo vocabulário, voltado ao mundo 4.0, para ajudar no processo de aprendizagem dos estudantes no município de São Miguel dos Campos, cidade de sua origem.

“Nós tínhamos o desejo de ofertar turmas para pessoas com deficiências, porque até então, havíamos ofertado cursos para jovens de 15 a 29 anos. Aí então participamos da Femcitech, que foi 1º Feira Miguelense de Ciências e Tecnologia, e tivemos o prazer de conhecer o intérprete, Vinícius. Daí nós conversamos desse nosso desejo e surgiu a ideia, a possibilidade de ofertarmos uma turma para jovens surdos. Em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Sedecti), de São Miguel dos Campos, que financiou a bolsa do intérprete, nós conseguimos ofertar essa turma”, pontuou a coordenadora do Espaço de 4.0 de São Miguel”, Flávia Bartira.

Ao longo de uma semana os estudantes tiveram noções de problemas mecânicos, enfrentados no uso das impressoras 3D e foram introduzidos em uma nova cultura. “Trazendo essa cultura Maker para que eles consigam aprender e aí resolver problemas virtuais e industriais, através da modelagem 3D, que está sendo bastante utilizada em várias cadeias, como a odontologia, medicina, engenharia. Isso é algo totalmente novo e pode abrir mercados para muitos desses alunos”, detalhou o instrutor.

Para Ícaro, o processo de aprendizagem foi de mão dupla, já que ele teve que ser introduzido à linguagem de sinais, para receber os alunos. “O professor nunca é o detentor do conhecimento, ele sempre tem que estar almejando e buscando novas formas de conhecimento. Ao mesmo tempo que eu ensino a eles, eles estão me ensinando bastante. Esse curso é uma prova viva de que eles são 100% capacitados para que possam levar isso aí para o seu trabalho”, acrescentou.

Um dos alunos, Marcos Barbosa comentou que era a primeira vez que tinha contato com um curso na área de tecnologia. “Me casou muita emoção. Muito bom ver como funciona as questões práticas sobre a impressão 3D. Como tudo é visual para mim, essa proposta do Ifal foi muito legal, muita informação. Eu pensei, vou tentar estudar, para saber como é. O curso me abriu os olhos e eu consegui entender como era o processo. É muito importante que outros surdos venham participar”, disse Marcos.

A turma também contou com um aluno ouvinte. Romildo Barros é professor de Português no município de Teotônio Vilela. Ele viu no curso a oportunidade de aprender a manusear a impressora existente na escola em que trabalha. “Na minha escola tem o recurso, porém não tem uma pessoa para instruir os alunos. Aproveitei as minhas férias para aprender com o pessoal aqui. Estou gostando muito do curso e vou multiplicar esses conhecimentos”, comentou.

Para Romildo, experiência de aprendizagem com outros alunos surdos foi facilitada pela didática do instrutor, junto ao intérprete. “Eu já tinha alunos surdos em Teotônio Vilela e como aluno aqui eu pude interagir com eles, para que pudéssemos resolver problemas, mesmo sem entender tanto Libras, eu pude me comunicar com eles, graças ao trabalho do intérprete”.

Sobre os Espaço 4.0

O Espaço 4.0 está presente em seis municípios alagoanos, com a oferta de cursos na área de tecnologia desde maio de 2022. Neste mês de fevereiro estão sendo ofertados vagas para os cursos de Desenvolvimento de aplicativos Android, nos campi São Miguel dos Campos e Santana do Ipanema; Eletrônica, para os campi Arapiraca, Maragogi, São Miguel dos Campos e Viçosa; Internet das Coisas, em Arapiraca, Maragogi, Palmeira dos Índios, São Miguel dos Campos e Viçosa; Modelagem e Impressão 3D, nas unidades de Palmeira dos Índios, Santana do Ipanema e Viçosa. Além de Robótica, exclusivamente no campus Arapiraca. Confira aqui como se inscrever!

Fonte: Instituto Federal de Alagoas

- Publicidade -