Aplicativo da Prefeitura de São Paulo traz informações sobre o coronavírus para pessoas com deficiência auditiva e surdos.

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED), criou mais um serviço dentro do aplicativo da Central de Intermediação em Libras (CIL-SMPED). Pessoas com deficiência auditiva e surdos já podem obter informações e esclarecer suas dúvidas sobre covid-19 em Libras.

A CIL, administrada pela SMPED, funciona 24 horas, todos os dias da semana. Ao clicar no ícone e realizar a chamada, o intérprete saberá que se trata de uma chamada sobre covid-19. Ao atender, esse intérprete entrará em contato com o SP156, que tem uma opção exclusiva para esclarecimentos sobre o coronavírus.

Além da opção sobre orientações do covid-19, o aplicativo tem outros serviços. São eles: Emergências (Polícia 190, SAMU 192, Bombeiros 193), Segurança (Delegacia de Polícia da Pessoa com Deficiência, Central de Atendimento a Mulher 180, Disque Denúncia, Disque 100 Direitos Humanos, Serviços (SP156, Procon e INSS).

De acordo com o Censo 2010 do IBGE, revisto em 2017, a cidade de São Paulo tem mais de 120 mil surdos. Para atender essa população, além do aplicativo, mais de 230 Postos de Atendimento Presencial (PAPs) foram instalados em vários equipamentos públicos, como Hospitais Municipais da capital, Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), SPTrans, Subprefeituras, SPTuris, Defensoria Pública, Prefeitura de São Paulo e outros.

“O objetivo da CIL é promover a autonomia das pessoas com deficiência auditiva. A SMPED tem um papel fundamental de garantir o cumprimento dos direitos e inclusão das pessoas com deficiência, sempre contando com o apoio da comunidade surda, para que o serviço seja referência nacional, como um dos melhores do país, por isso, estamos em constante aprimoramento”, destaca Cid Torquato, Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência.

Além de atender demanda da comunidade surda, o foco também é para os servidores públicos municipais, que poderão baixar o aplicativo em seus smartphones e usá-lo quando tiver que atender um munícipe que só se comunica em Libras.

Os munícipes com deficiência auditiva podem fazer download do aplicativo por meio da “CIL – SMPED”, disponível gratuitamente para celulares e tabletes Android ou IOS e computadores, via website. Quando acionado, o serviço faz a mediação entre surdo e intérprete.

Clique aqui e saiba mais sobre a CIL.

Fonte: Cidade de São Paulo

Comentários no Facebook