Aplicativo será apresentado na Campus Party em São Paulo.

Encontrar um problema social na cidade e desenvolver uma solução. Essa era a missão de um grupo de estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) ao desenvolver o aplicativo “Bilíngua”, uma plataforma para auxiliar o ensino da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). O aplicativo também ensina pessoas surdas a ler em português.

Depois de pesquisar, Lucas Silva, Erick Luan, Renê Tavares, Élida Correia, estudantes do curso de Design Digital, e Antônio José, aluno de Sistemas de Informação, no campus da UFC em Quixadá, notaram dificuldades no ensino de Libras no município.

“A gente encontrou a dificuldade em ensinar Libras. Muitos estudantes da cidade, apesar de ter suporte para ingressar em uma escola bilíngue (que ensina português e Libras), às vezes, pode encontrar outros fatores que atrapalham a presença deles nas aulas”, comentou Lucas Silva.

Por isto, os estudantes esperam colocar o aplicativo disponível para download até a metade de 2019. “Nossa expectativa é lançar em lojas de download. E também implantar ele dentro de escolas e ONGs para poder auxiliar tanto os usuários, o consumidor, como a empresa. Queremos alcançar o máximo de pessoas possíveis com essa plataforma”, complementou o desenvolvedor.

Atualmente, o Bilíngua se encontra em um modo de teste, onde um grupo de usuários foi escolhido para utilizar o aplicativo. “Ele ensina por meio de ‘gamificação’, a pessoa aprende jogando. E também por meio de videoaulas”, completa Lucas.

Campus Party
O aplicativo foi selecionado, pela segunda vez, para participar da Campus Future, evento que ocorre dentro da programação da Campus Party Natal, de 12 a 17 de fevereiro, em São Paulo.

A Campus Party é um evento “responsável pelo conteúdo e pela construção de ambientes favoráveis para divulgar as tecnologias mais avançadas, assim como suas aplicações nos campos da Educação, da Economia, do Trabalho e da Cultura Digital”, como explica a organização do evento.

Contudo, os cearenses selecionados estão com dificuldades financeiras para levar a equipe ao evento. Por este motivo, eles criaram uma Vaquinha online, que pode ser acessada por quem deseja contribuir com algum valor para custear a viagem, especialmente em relação às passagens aéreas.

Fonte: https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2019/01/24/cearenses-criam-aplicativo-para-ajudar-no-ensino-de-libras-por-meio-de-jogos.ghtml

Comentários no Facebook