As conversas pelo Google Meet vão ficar mais acessíveis. A ferramenta ganhará suporte a mais idiomas, incluindo o português brasileiro.

Assim, será possível ler em tempo real o que outros participantes estão dizendo. Além do nosso idioma, a plataforma de videoconferências vai ganhar também suporte a francês, alemão e espanhol (nas variações de Espanha e América Latina), além do inglês, que já estava disponível.

As legendas automáticas podem não ser perfeitas, mas já ajudam em muitas situações. A principal delas é a acessibilidade para surdos e pessoas com deficiência auditiva. O recurso também pode ser útil para quem não é falante nativo de algum desses idiomas, e também para quem está em ambientes barulhentos, onde é difícil ouvir o que está sendo dito.

A transcrição automática em outros idiomas já está disponível na versão web do Meet na Europa, Ásia, África e Oceania, e devem chegar à América do Norte e à América do Sul no começo de 2021, mesma época em que os apps para Android e iOS devem ganhar suporte ao recurso.

Se você ou sua empresa usam outros aplicativos para as reuniões, também é possível colocar legendas. No Teams, da Microsoft, o recurso é automático. Já no Zoom, é preciso recorrer a uma API de outro aplicativo para fazer a transcrição ou digitar manualmente.

Pouco a pouco, o Google vai deixando o Meet mais próximo de seus concorrentes. Em outubro, a ferramenta ganhou o recurso de borrar o fundo da imagem, uma ótima forma de não ter que mostrar sua casa em toda reunião.

Fonte: Gizmodo Brasil

Comentários no Facebook